Previdência

Investir em previdência privada é uma necessidade de todos os brasileiros. Hoje temos apenas 1,4 contribuintes para cada aposentado da previdência social do país. Estudos do IPEA mostram que em 2032 passaremos a ter mais aposentados do que contribuintes.

Por isso, planos de complementação da aposentadoria pela previdência privada são cada vez mais procurados pelos trabalhadores e incentivados pelo governo.

Na previdência privada você pode optar por receber uma renda mensal vitalícia ou resgatar o valor total da reserva acumulada no seu plano.

Previdência como Renda Vitalícia

Na contratação e ao final de sua acumulação você terá que optar pela conversão da sua acumulação em renda vitalícia ou não (veja ao lado esta segunda opção). Se optar pela renda vitalícia, a seguradora terá que pagar o valor contratado enquanto você estiver vivo. Porém se você vier a falecer cedo, o valor acumulado fica para a seguradora.

Previdência como Investimento

Na concessão de benefício você pode optar por resgatar o valor total da reserva acumulada. Durante o período de acumulação em caso de falecimento do participante, a reserva será paga aos beneficiários indicados na proposta. As indenizações pagas aos beneficiários não integram o inventário.

AGENDE UMA VISITA COM UM DE NOSSOS ESPECIALISTAS

* Conteúdo adaptado do site da XP Investimentos: www.xpi.com.br